20 Ways to Grow Your Photography Business in 2022: Part Two of Four

Na segunda parte desta série, vamos discutir dicas de seis a dez. Estes são os passos que você pode tomar hoje para expandir seu negócio de fotografia. Se você perdeu a primeira parte, pode ler clicando aqui. Agradecimentos especiais à Lancaster Head Photography, PA Richard Wayne por colaborar conosco para criar esta série.

6. Higienize e priorize suas redes sociais

Em 2022, isso deve ser óbvio, mas muitos de nós ainda negligenciam ou fazem uso indevido de nossas contas de mídia social, em detrimento de nossos negócios.

O primeiro passo que devemos dar é limpar nossas redes sociais. Se você tem um perfil público no Facebook ou Instagram, ou se publica em blogs, fóruns ou revistas online como Fstoppers, é muito importante lembrar que potenciais conexões comerciais podem ler o que você escreve e ver as fotos que você publica. A maioria de nós é culpada de compartilhar em excesso nas mídias sociais (inclusive eu), mas uma das melhores maneiras de expandir seus negócios (sem mencionar melhorar sua qualidade de vida geral) é evitar postagens e comentários negativos e divisivos. Abster-se de postagens e conversas políticas também é uma ótima ideia. Lembre-se de que metade das pessoas que lêem um post político provavelmente ficarão ofendidas, então não importa o que você diga, você provavelmente alienará uma grande parte do seu público. A higienização das redes sociais também inclui a remoção de fotos que não tenham a melhor aparência e que não reflitam adequadamente sua marca.

Crie postagens atraentes que não sejam apenas sobre você e o que você oferece. As pessoas raramente respondem a postagens que são anúncios levemente alinhados para uma empresa, então, em vez disso, escreva postagens que criem valor para o leitor. Isso pode ser dando dicas, explicando como você pode resolver um problema para seu cliente ou até mesmo compartilhando uma história positiva com seus seguidores. As pessoas querem interagir com um humano, então, além de permanecer positivo, seja honesto. As pessoas querem trabalhar com alguém que se preocupa com suas necessidades e não está apenas tentando vender.

Interagir com as postagens de outras pessoas pode ser mais eficaz do que criar seu próprio conteúdo. Outra maneira de usar as mídias sociais com sabedoria é comentar nas postagens. O LinkedIn é uma ótima plataforma para esse método, já que a maior parte do conteúdo é voltada para negócios e longe de publicação pessoal. Ao comentar as postagens de outras pessoas em sua comunidade, você pode aumentar sua visibilidade e também se posicionar como um especialista em sua área.

Finalmente, você deve postar regularmente. Sim, é chato e demorado, mas a consistência é a chave para vencer o jogo de mídia social. Isso não significa que você deva apenas postar tudo e qualquer coisa, mas um ótimo conteúdo, compartilhado constantemente, definitivamente aumentará seu negócio.

7. Obtenha referências e depoimentos

Não há nada melhor do que ter um cliente cuidando de você no amigo dele, que então liga para você para marcar uma sessão. Esse cara está realmente convencido e sente que conhece você com base no que ouviu de seu amigo. Essas referências são uma grande vitória. Além de fazer com que os clientes escrevam uma avaliação de cinco estrelas, peça que eles o marquem ao compartilhar suas fotos e escrevam sobre sua experiência. Se seus clientes estão satisfeitos com você e suas fotos, isso é algo que eles ficarão felizes em fazer. Certifique-se de pedir gentilmente que eles façam uma revisão mais de uma vez, porque as pessoas geralmente esquecem. Embora eu não sugira dizer aos clientes o que escrever, costumo dizer a eles que as melhores resenhas falam de sua experiência e afirmam que sou um fotógrafo chefe em Garden City, Nova York. Isso ocorre porque as palavras-chave são muito importantes não apenas no seu site, mas até nas avaliações.

Outra maneira de obter referências é entrar em contato com agências locais. Se você é um fotógrafo de retratos como eu, conheça as escolas locais de atuação e agências de talentos e construa um relacionamento com eles. Isso é mais fácil falar do que fazer, mas se você fizer uma boa conexão, pode levar a muito trabalho duro. Eu tenho algumas agências que continuam me enviando clientes com base em uma ótima primeira experiência que alguém teve no meu estúdio.

Por fim, certifique-se de fornecer uma experiência cinco estrelas se espera referências e depoimentos de seus clientes. Acho que alguns proprietários de pequenas empresas esperam que os clientes façam um esforço extra por eles apenas porque são uma empresa local, mas esse não é o caso. Audite seu processo, do início ao fim, e avalie se você está fornecendo aos seus clientes uma experiência (e um produto) que seja fácil para eles indicarem você, mesmo sem pedir.

8. Apresentação de pitch de elevador de 30 segundos

Um pitch de elevador é uma explicação de 30 segundos que você pode dar sobre o que você faz, por que você faz isso e por que você é a melhor pessoa para o trabalho.

Obter uma resposta precisa quando as pessoas perguntam sobre seus serviços é crucial. Mesmo se alguém perguntar casualmente: “Então, o que você faz da vida?”, você deve obter uma resposta melhor do que “Sou fotógrafo”. Dê a eles uma explicação de 30 segundos que os envolva e coloque você em uma posição de autoridade e solução de problemas em seu campo. Como fotógrafo de headshot, minha apresentação inclui uma explicação de que a maioria das pessoas odeia tirar uma foto na cabeça, mas eu faço todo o processo divertido e fácil, ao mesmo tempo em que forneço aos meus clientes imagens envolventes e empoderadoras, que são um trunfo para sua marca. E eu faço isso divertido. E eu parafraseei, mas você entendeu.

9. Crie uma marca consistente

Consistência e originalidade são muito importantes para qualquer empresa de qualquer tamanho, e muitas pequenas empresas pensam muito pouco em sua marca. Certifique-se de que sua marca e marketing sejam focados no laser e não tente ser tudo para todos. Se um cliente em potencial tiver problemas para descobrir exatamente o que você está fazendo e como resolver o problema dele, ele procurará outra pessoa. Não torne isso difícil para eles por ter sites muito complicados, vários pacotes ou ofertas infinitas. Como eu disse na Parte 1 desta série, não seja um pau para toda obra, mas sim seja um mestre em um campo específico. Se você tentar ser tudo para todos, pode acabar sendo absolutamente ninguém!

10. Torne-se automotivado

Um dos maiores desafios que os empreendedores enfrentam é manter-se motivado. Se você não tem clientes hoje, isso não significa que você deve passar uma hora rolando o Instagram ou assistindo a vídeos do YouTube. Há sempre algo para fazer quando você possui um negócio – e quero dizer sempre. a sério.

Se eu tenho algumas horas livres ou é um dia livre raro, eu uso esse “tempo livre” com sabedoria. Seja limpando meu estúdio ou colocando um novo emprego, fazendo ligações casuais, checando e acompanhando e-mails antigos, postando conteúdo relevante nas redes sociais, escrevendo um artigo, ou mesmo lendo um livro ou assistindo a um tutorial. , eu faço o meu melhor para usar meu tempo. É verdade que nem sempre sou bem-sucedido, mas quando me lembro de que sempre há algo para fazer, fica muito mais fácil para mim.

Bem, espero que a Parte 2 desta série de quatro partes tenha motivado você e lhe dado ótimas dicas para expandir seu negócio de fotografia! Fique ligado na terceira parte. Para obter mais conselhos sobre o que fazer e o que não fazer ao administrar uma empresa de fotografia, confira o excelente artigo de Ivor Rackham sobre sua experiência com uma empresa local.

Leave a Comment